Cuitelinho | Canções #03

Paulinho Vanzolini ouviu “a maior música do mundo” de seu amigo Antonio Xandó, que por sua vez pegou-a de um barqueiro do Rio Paraná. Ajeitou uma estrofe aqui, acrescentou uma ali e inseriu o modo de falar do caipira de São Paulo para fazer uma das mais bonitas sequências de versos da nossa música. Com essa música, nosso coração bate uma, a outra faia!

2 comentários em “Cuitelinho | Canções #03

  • 13/02/2018 em 10:33
    Permalink

    Maravilha a conversa-aula de vocês: muito informativa e rica de comentários críticos.

    Meus melhores cumprimentos.

    Resposta
  • 10/02/2018 em 11:00
    Permalink

    Maravilha de conversa-aula: vocês botaram os pingos nos ii a respeito da canção, sobre a qual rola um monte de informações orais mais ou menos soltas e desencontradas.
    Cumprimentos pela sensibilidade, critério de escolha e qualidade das informações.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *